quinta-feira, 1 de novembro de 2007

PROJETO DE PESQUISA ANA MÁRCIA

Projeto de pesquisa






“Através do lixo transforma arte com Arte”







Ana Márcia da Silva Costa. 10213990
Prof: Erinaldo
Disciplina: Metodologia dos Ensino das Artes Plásticas




Sumário


°Introdução

°Objetivo Geral

°Objetivos Específicos

°Justificativa

°Procedimentos Metodológicos

°Cronograma e Organização das Oficinas

°Anexos

°Bibliografia

°Procedimentos Metodológicos.








Introdução


Este projeto de pesquisa é trabalho educativo sobre o meio ambiente escolar que pretende alerta aos alunos e funcionários sobre a preservação da escola.

Como o instituto de atender as necessidades da escola, esse
Projeto se fez necessário onde nós educadores estamos
Desafiados a mudar e inovar nossa escola, com a certeza de
Corresponder as perspectivas esperada pela a equipe,
Composta por nós professores, alunos e todos da comunidade escolar onde iremos trabalhar novas técnicas de reaproveitamento dos materiais usados na escola.

A melhor maneira que encontramos para desenvolver este projeto de pesquisa, foi através da Arte, onde percebemos que as Artes plásticas é bem variada, que possibilitará aos serem alcançada os objetivos para a realização desse projeto.

Acreditamos que através da arte seja mais fácil encontrar este caminhos, buscando a integração escolar e comunidade.





Objetivo geral


- Estimular a educação ambiental dentro da escola, onde os alunos trabalharão o reaproveitamento do lixo produzido na escola, proporcionando a compreensão de seus pensamentos sobre a Arte.

- Conscientizar os alunos de que devem economizar e saber
aproveitar todos os recursos naturais e artificiais da melhor maneira possível.


Objetivos Específicos


- Possibilitar ao aluno a formação de como cidadão cultural do ambiente escolar.

- Conscientizar o aluno que o lixo produzido na escola pode ser transformado em Arte.

- Inventar maneiras de reaproveitar o lixo produzido na escola.




Justificativa


Diante dos problemas que as escolas estão enfrentando com o lixo, preocupamos em realizar um projeto sobre a
reciclagem, o reaproveitamento do lixo na escola, voltada ao emprego da Arte.

De acordo com nossa pesquisa achamos interessante a população escolar interessada á participar desse projeto, onde todos se envolvem para uma definição de objetivos que venha dar, uma consistência a uma definição a um trabalho coletivo, onde haja uma interação entre professor e alunos, estimulando o crescimento individual e coletivo, conhecedores do problema buscam alternativas para que os conflitos sejam resolvidos com a participação de todos.

Sabemos que uma Unidade Escolar equilibrada consegue realizar o impossível contando com uma equipe motivada e o apoio da comunidade escolar.

Os valores formam os sustentáculos da escola. Quando os valores são fundamentais para que uma Unidade de Ensino funciona harmoniosamente. Todos de mãos dadas e comprometidas com a educação e a comunidade trazem influência que repercutem nas crenças e valores de cada individuo, cristalizando dessa forma sua cultura.



( “ Através do lixo transforma Arte com Arte”)




Procedimentos Metodológicos

A realização de um projeto como este que nos propomos fazer, consiste na realização do saber aproveitar o nesta unidade de Ensino, Escola M.E.F. Francisco Joaquim de Brito, situada no Bairro do Rio do Meio-Bayeux. O trabalho se desenvolverá da seguinte forma:


Etapa I – A sensibilidade dos alunos serão feitas pelos professores dessa Unidade Escolar, com questionários elaborados para os alunos do EJA, exibição de vídeos sobre coleta e reaproveitamento de materiais descartáveis, fixação de cartazes em cada sala de aula.

Etapa II – A partir dos resultados da primeira etapa, serão implantas oficinas de reaproveitamento de materiais.
O projeto será realizado no turno da noite com a turma do EJA ( Educação de Jovens e Adultos ).
Será elaborado um relatório final.






Avaliação

- Como esse projeto é para alunos do EJA, a avaliação será continua em todo o processo,desde a participação ativa até a construção de objetos reciclados.



Cronograma e Organização das Oficinas


Etapa
Dia
Hora
Alunos
Material
Utilizado
Aplicação do Questionário
Segunda
2h e 30m
36
Papel Ofício
Debate e conversa Informal

Terça
2h e 30m
36
DVD e cartazes
Oficinas
Quarta
3 horas
36
Garrafa Pet
Oficinas
Quinta
3 horas
36
Revistas e Jornais
Oficinas
Sexta
3 horas
36
Caixas Descartáveis
Encerramento
Segunda
3 horas
36
Exposição



Bibliografia


Grisi,bm- Glossário e Ecologia e Ciências Ambientais
Editora Universitária UFPB JP- 1997
Veja – Editora Abril- Edição/ 2007. Internet.




Considerações Finais

È através desse projeto que pretendemos conscientizar nossos alunos e equipes de trabalho que como cidadãos, devemos proteger e preservar nossa escola, e economizar de forma consciente os materiais naturais e artificiais, utilizados nas escolas.



Escola Municipal de Ensino Fundamental
Francisco Joaquim de Brito

Bayeux Série: EJA



Plano de Aula

Objetivos:

- Mudanças de um contexto interno e externo de um problema da escola, conscientizando os alunos de que devem economizar e usar da melhor forma os recursos naturais e artificiais, inventando maneiras de reaproveitar todo esse material.

Conteúdos:

- Comece a reciclar
- Reciclagem

Metodologia:

- Questionários de Pesquisa
- Produção de texto
- Confecção de cartazes
- Relatório final

Recursos e Materiais Utilizados:

- Cartolinas, papel, ofício, cola, tesoura, revista, som, cd dvd, material de sucata e etc.







Questionário de Pesquisa


1º Vocês já ouviram falar em reciclagem?

2º O que é reciclagem?

3º Como podemos fazer para reciclar nosso lixo?

4º È possível reciclarmos o lixo da nossa escola?

5º Qual é a vantagem de reciclar o lixo da escola?

6º È possível reaproveitar- mos o lixo da nossa escola?

7º È possível reciclar e fazer Arte?

8º Como podemos transformar o nosso lixo em arte ?

9º Quais os materiais serão utilizados para transformar- mos em Arte?

10º A arte se faz presente em nossas vidas de que forma?







“Transformar reciclando é fazer ARTE”

2 comentários:

bruna disse...

um otimo trabalho

Eduardo Azevedo disse...

Uma garrafa pet pintada sempre será uma garrafa pet. Tratá-la com a nossa sensibilidade é legitimar o lixo, a fabricação de embalagens não recicláveis e o consumo de alimentos não orgânicos.
Lamento que as minhas aulas de arte sirvam a esse propósito. Deveríamos, como educadores, fomentar um novo pensamento crítico em nossos alunos a respeito do consumismo e sua relação com a sustentabilidade.
Ninguém que leciona Português quer reciclar o Funk, ninguém em matemática usa os números da poluição, ninguém. Nenhum palhaço faz malabarismo com pet!!! Faz arte com laranjas.
A Cultura Urbana é assim, é pobre, é lixo que não cabe em lugar nenhum.